(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita

Empresa alemã está processando a Google e YouTube por infringir patente de streaming de vídeo

Google é uma das maiores empresas de tecnologia do mercado, apesar de ter iniciado sua carreira como um buscador, atualmente ela é muito mais que isso. É justamente por ocupar grande espaço nesse mercado que ela está sujeita a ser atacada e acusada, por diversos motivos. Há pouco mais de dois meses ela ocorreu um processo por violação de privacidade na Inglaterra, agora outro caso contra a empresa foi apresentado.

Max Sound Corporation está processando a Google e o YouTube na corte distrital de Mannheim, na Alemanha. De acordo com as informações, a gigante da internet infringiu uma patente de streaming de vídeo, o país irá decidir se a companhia poderá fazer transmissão de vídeo com os codecs VP8 ou H.264. Além disso, a Google também pode precisar acabar com as vendas de dispositivos como o Chromecast e até smartphones Nexus.

A empresa responsável pelas acusações também requisitou um relatório com informações sobre os lucros que Google e YouTube conseguiram com a infração dessas patentes. O problema é que a gigante da internet está usando uma tecnologia de streaming de vídeo que é protegida pela patente europeia “EP 2 026 277”, que permite transporte mais eficiente e econômico de conteúdos digitais.

A Max Sound Corporation foi responsável pela criação do “MAX-D HD Audio Standard”, que pertence a Vedanti Systems (VSL). É bom lembrar que em meados de 2010 a Google mostrou interesse em comprar a VSL, provavelmente para se tornar dona das diversas tecnologias de vídeo que a empresa possui. Ou seja, possivelmente esse uso indevido de patentes não tenha sido acidental. 

“Nós estamos contentes que nosso processo contra a Google e YouTube foi admitido na corte da Alemanha, e seremos escutados daqui alguns meses. Tendo em conta as evidências apresentadas, nós estamos confiantes que podemos esperar uma decisão executória. Esse é um passo importante na proteção da nossa valiosa propriedade intelectual”, afirmou o CEO da Max Sound Corporation, John Blaisure.

O caso será escutado na corte da Alemanha no dia 8 de dezembro, até lá a Google e YouTube poderão executar seus serviços normalmente. Apesar disso, é possível que a companhia já esteja planejando uma mudança para evitar qualquer problema que isso possa causar futuramente.

Fonte: http://www.tudocelular.com/google/noticias/n56021/goocle-processada-infringit-patentes-video.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


7 − = dois