(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita

Fomento à inovação, este ilustre desconhecido

Existe um desequilíbrio entre a oferta e a demanda de instrumentos de fomento à inovação nos países da América Latina. O diagnóstico foi apresentado pela representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Vanderléia Radaelli, durante evento em Brasília. O encontro fechado reúne dirigentes e representantes dos órgãos similares do INPI e do CNPq de 28 países da América Latina, além de conferencistas de Finlândia, Estados Unidos e Suíça.
– De 70 a 80 por cento das empresas brasileiras não ouviram falar de lei da inovação, lei do bem, INPI ou Finep – afirmou Vanderléia, ao denunciar o desconhecimento generalizado da indústria sobre os instrumentos de fomento à inovação.
Este, porém, não é o único problema do cenário da inovação na América Latina. Existe uma dificuldade de diálogo e de objetivos convergentes entre a pesquisa feita pelas universidades e a indústrias. Isto se reflete nos indicadores de investimento em pesquisa e desenvolvimento nos países, notadamente focados nas universidades.
Outro problema é a ausência de uma posição clara dos países com relação à Propriedade Intelectual, criando uma insegurança nos estrategistas de investimento industrial. Isto se reflete na ausência da inovação nas estratégias das empresas.
– A atividade de inovação deve estar no organograma da empresa – afirmou a representante do BID, indicando que isto ocorre até nos países que têm bons indicadores neste setor.
Há, também, segundo Vanderléia, uma dificuldade das empresas latino-americanas para identificar o que efetivamente fazem bem e encontrar possíveis parceiros fora da empresa para desenvolver novos produtos.
Do ponto de vista das políticas públicas, a representante do BID alertou para a necessidade de ver a inovação não como uma ação isolada, mas uma iniciativa que envolve uma grande gama de atividades relacionadas à atividade empresarial e de governo.
– A política de inovação é muito mais do que oferecer recursos, e isto precisa estar claro para governos e empresas – comentou.

http://www.inpi.gov.br/noticias/fomento-a-inovacao-este-ilustre-desconhecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


− cinco = 4