(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita

Melhora a percepção das empresas sobre a atuação do INPI

A segunda edição da pesquisa Ibope realizada pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) mostrou a melhoria da percepção empresarial sobre a atuação do INPI. Entre as 71 empresas entrevistadas, 62% deram nota 3 ao Instituto (contra 57% em 2009). A nota dois caiu de 27% para 18%, enquanto a nota 1 passou de 6% para zero. Por outro lado, a nota 4 subiu de 10% para 14% e a avaliação máxima (5) cresceu de zero para 6%.
Os resultados da pesquisa foram divulgados no dia 13 de dezembro de 2010, em São Paulo, durante o seminário “A Propriedade Intelectual como bem estratégico da sua empresa”. As entrevistas ocorreram nos meses de junho e julho.
O presidente do INPI, Jorge Ávila, afirmou que, com a reestruturação do INPI, os resultados devem aparecer cada vez mais nos próximos anos. Ele sugeriu que seja feita uma análise qualitativa para que o Instituto possa se aperfeiçoar ainda mais com as sugestões das empresas.
Já o presidente da força tarefa de Propriedade Intelectual da Amcham, João Sanches, ressaltou que a tendência clara é de melhoria, inclusive na comparação com resultados de outros órgãos de governo em pesquisas semelhantes.
Ao serem questionadas se as áreas do INPI cumpriam suas funções, a resposta foi frequentemente para 67% das empresas em relação a marcas (contra 47% em 2009) e 47% sobre patentes (ante 45%). Contratos, desenhos industriais e software também tiveram melhores resultados.
A respeito da clareza dos critérios, os índices tiveram melhorias em marcas e patentes. Para os prazos, os resultados evoluíram, mas ainda precisam melhorar mais: em marcas e patentes, o prazo era frequentemente adequado em 14% e 13% dos casos, respectivamente.

Fonte: http://www.inpi.gov.br/noticias/melhora-a-percepcao-das-empresas-sobre-a-atuacao-do-inpi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


oito × 1 =