(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita

Napster ditou mudanças no mercado musical

Em 1999 o mercado conheceu aquele que seria o protagonista do primeiro grande episódio na luta jurídica entre a indústria fonográfica e as redes de compartilhamento de música na internet. Neste ano, nascia o Napster, site fundado por Shawn Fanning e o primeiro voltado para compartilhamento de música digital na internet. A partir de então, a história da indústria musical estava mudada para sempre.
A ideia de Flaming, inovadora na época, era fazer com que todo mundo pudesse compartilhar suas coleções de músicas e baixar arquivos de MP3 diretamente dos computadores dos outros usuários do site, formato conhecido como peer to peer (P2P). O serviço acabou fechado em 2001 por conta de ações judiciais que acusavam o Napster de promover a pirataria.
Um de seus mais ferrenhos adversários foi o grupo Metallica, que lançou uma verdadeira cruzada contra o serviço e entrou em rota de colisão com os próprios fãs.
Ressurgiu como um serviço comercial de música on-line que compete com outros, como o iTunes, da Apple.
Apesar de ter sido extinto, o Napster acabou exercendo um efeito irreversível no modo como os consumidores lidam com a música atualmente.

Brasília, 07 de janeiro de 2011
Brasil Econômico/BR
Pirataria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


4 − um =