(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita

Victoria’s Secret pode ter que abrir mão da marca PINK na Europa

Uma ação na Justiça pode fazer com que a Victoria’s Secret tenha que abrir mão da sua marca PINK na Europa. O imbróglio não é novidade: começou em maio de 2013. Mas, agora, a empresa americana sofreu uma derrota no caso. Segundo a CNN Money, um juiz britânico julgou o caso e considerou que a companhia está desrespeitando a marca registrada da grife britânica Thomas Pink, fundada em 1984.

O argumento da Thomas Pink é que o nome confunde os consumidores e compromete a imagem de grife. Com a decisão, a Victoria’s Secret pode ser impedida de usar o nome “PINK” em sua linha voltada para um público mais jovem no Velho Continente.

O diretor legal da Beanstalk, agência de licenciamento de marcas, Oliver Herzfeld disse à CNN Money que a batalha entre a empresa das “angels” e a grife britânica ainda não acabou. Para ele, a Victoria’s Secret não vai abandonar a PINK em um horizonte de curto prazo.

Herzfeld ponderou que pode haver um acordo de coexistência entre as duas, ou uma apelação pode mudar o resultado do caso.

As regras sobre marcas registradas nos Estados Unidos são diferentes das regras do Reino Unido, por isso, as decisões tomadas na Europa não afetam os negócios da Victoria’s Secret em seu mercado de origem.

Vsecret

Fonte: br.noticias.yahoo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


− sete = 2