(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita
IMG 5660

Inovação frugal: Fazer mais e melhor, com menos

 Você já ouviu falar em inovação frugal? O mercado de inovação e tecnologia muda todos os momentos e nos últimos anos esse novo termo vem sendo aplicado. É o fazer mais e melhor, com menos. O crescimento dessa nova forma de pensar e agir está ligado aos resultados que conciliam inovação, tecnologia institucional e social.

Segundo o especialista em inovação da Cerumar Propriedade Intelectual Tiago Pisetta, as tecnologias de baixo custo, mas não de baixa qualidade, ancoram em uma nova estrutura social e institucional. “Insere-se no mercado produtos que alcançam a necessidade de pessoas com pouco recursos, que também precisam comprar”, explica. Normalmente, a inovação frugal é adaptada para grupos específicos com problemas urgentes e que dependem da criatividade para a busca de soluções.

Atualmente as grandes empresas já estão consolidadas e focadas em algum mercado, e a inovação frugal pode ser vista como um bom negócio. Já se observa em alguns casos que ela possibilita a resolução de problemas complexos da comunidade, com custos reduzidos, que passa ser atrativo para as grandes empresas. “As iniciativas em inovação frugal estão saindo de países de primeiro mundo, mas que sabem que precisam de pesquisadores locais que melhor entendem as necessidades pontuais de cada região”, enfatiza Tiago.

Como proteger na inovação frugal

Além de criar inovações expressivas, os empresários que estão envolvidos com a inovação frugal devem estar atentos e proteger os produtos. “Todas as vezes que algum produto é criado as empresas ou o criador devem pedir a patente do produto. Assim ele se protege de possíveis cópias, consegue se manter no mercado de tecnologias de baixos custos sem baixar a qualidade e com o mesmo valor praticado”, finaliza Tiago.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


+ 1 = seis