(47) 3520-6604 cerumar@cerumar.com.brÁrea Restrita
Bruno Saldiviaa

A propriedade do que realmente importa

Dois dos principais temas falados no meio empresarial para que as empresas tenham crescimento e se tornem relevantes em seus mercados são: diferencial competitivo e barreiras de entrada.

O diferencial competitivo é o próximo passo do processo de inovação, é quando a inovação foi de fato aceita pelo seu público alvo e encontrou o mercado. Porém, ela consegue realmente agregar valor para a empresa quando esse diferencial possui uma importante barreira de entrada, ou seja: quando ela apresenta dificuldades de um concorrente também possuir esse diferencial competitivo.

 

Esses dois mundos se encontram e conseguem interagir de forma inteligente e eficaz quando é feito o uso correto e estratégico dos dispositivos de Propriedade Intelectual.

Basicamente, o conceito é esse:

1) Você é uma empresa de tecnologia. Sua tecnologia está protegida e lhe garante exclusividade?
2) Você é uma empresa onde o design dos produtos é seu diferencial competitivo. Os designs dos produtos estão protegidos?
3) Você é uma empresa de inteligência em negócios. Suas informações estão bem protegidas e resguardadas?

4) Sua marca é reconhecida pelo seu público. Ela está devidamente registrada e você sabe gerir esse ativo de maneira estratégica?

 

Recentemente, em um jantar com o cônsul comercial da China no Brasil, o Sr. Yu Yong apresentou os quatro pilares que norteiam toda a política de crescimento dessa grande nação. Um desses quatro pilares era exatamente a Propriedade Intelectual.

A nação, que é a segunda maior economia do mundo, tem entre os seus principais pilares a propriedade intelectual. E faz jus a isso. No fim de 2018, a China tinha 1,6 milhão de patentes registradas, um aumento de 18,1% em relação ao ano anterior. O número de marcas registradas chegou a 18 milhões, um crescimento de 32,8% em comparação ao ano anterior. Já o comércio de propriedade intelectual superou os US$ 35 bilhões.

Isso deixa evidente de que o principal ativo de geração de riqueza é, certamente, a capacidade de criar soluções e produtos, mas ao mesmo tempo garantir a sua proteção através da propriedade intelectual.

Atentem para quais são realmente os diferenciais competitivos da sua empresa, busque as melhores práticas de inovação, e garanta os ativos que surgirão desse processo em sua mão fazendo o uso correto da Propriedade Intelectual.

 

Bruno Saldivia – Diretor de Operações da Cerumar Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


seis + = 10